O seu portal de conhecimento

, ,

Bom demais para ser ignorado

Pré-venda. Envios a partir de 15/08/2022

Por que as habilidades superam a paixão na busca pelo trabalho que você adora

Autor: Cal Newport – autor de Minimalismo Digital e Trabalho Focado

Neste relato surpreendente, Cal Newport desmascara a crença estabelecida de que “siga sua paixão” é um bom conselho. Esse clichê não apenas é falho — paixões preexistentes são raras e têm pouco a ver com por que as pessoas acabam adorando seus trabalhos —, mas também pode ser perigoso, levando à ansiedade e à mudança de emprego crônica.

Depois de argumentar contra a paixão, Newport sai em busca da verdade por trás de como as pessoas acabam amando o que fazem. Passando um tempo com agricultores orgânicos, capitalistas de risco, roteiristas, programadores de computador freelancers e outros que admitiram obter grande satisfação no que trabalham, Newport revela as estratégias que eles usaram e as armadilhas que evitaram no desenvolvimento de suas carreiras tão admiradas. Ele revela que não é importante combinar seu emprego com uma paixão preexistente. Na verdade, a paixão vem depois do esforço e da dedicação para alcançar excelência em algo que tenha valor, não antes. Ou seja, o que você faz profissionalmente é bem menos importante do que como você faz.

Bom Demais para Ser Ignorado vai mudar seu modo de pensar sobre carreira, felicidade e como construir uma vida notável.

Segundo o autor, os relatos deste livro estão ligados por algo em comum: a importância da habilidade.

Ele descobriu que o que torna um emprego excelente são coisas raras e valiosas. Se você as quer em sua vida profissional, precisará de algo raro e valioso para oferecer em troca. Ou seja, você precisa ser bom em alguma coisa antes de esperar por um bom emprego.

Para o autor, a maestria, por si só, não basta para garantir a felicidade: os muitos exemplos de viciados em trabalho muito respeitados, mas infelizes, estão aí para confirmar isso. Consequentemente, essa linha argumentativa principal vai além da mera aquisição de habilidades úteis e entra na arte sutil de investir o capital de carreira que isso gera nos tipos certos de características em sua vida profissional.

Esse argumento, finaliza o autor, muda o pensamento convencional. Newport coloca a paixão de lado, afirmando que esse sentimento é um efeito colateral de viver uma vida profissional bem vivida.

Já não seguir sua paixão faz com que você siga na busca de se tornar, nas palavras de Steve Martin, “tão bom que eles não poderão ignorar você”.

Fora de estoque

R$69.90